NOTÍCIAS DO MAR. Meu pirata desembarca hoje e me pediu abrigo, que fica só esta noite. O pirata vem de ano em ano e depois vai, e eu não sei se recebo porque quase me caso na semana que vem. Acho injusto com o pirata não deitá-lo em meu peito já que em casa não há espaço pra mais do que isso. No porto daq...

IRMÃO MAIS VELHO. Quarenta minutos de trilha para chegar à praia onde o rio Jeribucaçu deságua no mar. Os poucos que encararam a caminhada aquele dia estavam na água: é o surf que justifica as longas subidas. Para...

FUI AO SALÃO. A mulher que tem bunda tem vaidade da bunda; a que...

A MARCEL. Desculpem-me os outros pequenos, Gustavo que me fez conhecer o amor, Rômulo que me ensinou a escrever a noite, mas é Marcel que eu vou cantar e o que só o não-amor é capaz. O não amor e um homem preto e muito magro e um lugar em minhas costas q...

Notícias do mar

SOBRE: aline dias, crônica, pirata

Autor: Aline Dias

19 de agosto de 2014

Meu pirata desembarca hoje e me pediu abrigo, que fica só esta noite. O pirata vem de ano em ano e depois vai, e eu não sei se recebo porque quase me caso na semana que vem.

Acho injusto com o pirata não deitá-lo em meu peito já que em casa não há espaço pra mais do que isso. No porto daqui o amor sou eu, e como ele fica sem o que espera. Ele não vai me ver em Manaus e a manauara vai dizer, que triste, moço, sua moça de perto do mar não te recebeu, então recebo eu.

Quando ele desembarca eu me parto, mas canto tanto que a estrela Dalva fica mais brilhante, e morremos de rir, o pirata e eu. Há espaço em mim pra casamento e pirata na mesma semana, pergunto porque não sei quanto amor me cabe e quanto posso doar.

O pirata não pensa em nada, mas navega tanto nessa tempestade que eu não sei se seria justo dizer não. Falta ainda algum tempo. Estou cá no porto a espera e pronta para um aceno. Pode ser que o barco vire, também pode ser que não.

 

Aline Dias escreve neste blog

Comente Favorito

Sarah Princesa

Sarah Princesa

Quando Sarah nasceu, todos acharam que daria uma princesa: a menina é linda, filha do rei e ainda se chama Sarah. Algumas pessoas acham que Sarah princesa tem sempre uma lição a ensinar, mas elas estão enganadas. A garota é dessas que se aprende a amar com o tempo.

Likestore

 

Baliza de Navio e Outras Crônicas

Baliza de Navio e Outras Crônicas

O livro Baliza de Navio e outras crônicas foi escrito originalmente como trabalho de conclusão de curso na minha graduação em jornalismo. Em 2011, ele ganhou o prêmio da Secretaria de Estado de Cultura do Espírito Santo (Secult) na categoria crônica. Desde então, espero com amor (e um pouco de impaciência) por ele aqui na rua.

Natasha Siviero

A autora

Natasha Siviero é jornalista e escreve neste blog crônicas que às vezes dormem e às vezes não dormem e às vezes falam do próprio umbigo, embora o professor recomende que não. Em 2011 ganhou o prêmio da Secult com o livro Baliza de Navio e outras crônicas. Em 2012, publicou Sarah princesa, seu primeiro livro ilustrado.

facebook
Desenvolvido por JUUZ Design e Pedro Netto.